O certame começa esta sexta-feira, dia 17 de maio, em Albergaria-a-Velha, com a presença do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos.

floresta

Também o Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas, fará uma visita a esta edição.

O evento bianual decorre entre os dias 17 e 19 de maio, com o lema “Por Uma Floresta Viva”, reunindo profissionais e público interessado, entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais, para este encontro ibérico dos setores florestal, agrícola e do ambiente.

Nesta edição participam mais de 200 empresas de produção, transformação e comercialização de madeira, papel e afins, fornecedoras de equipamentos, serviços e soluções tecnológicas, que se juntam nesta grande feira a autarquias, escolas, corporações de bombeiros, associações de desenvolvimento, do ambiente e outras entidades públicas e privadas.

«A Expoflorestal tem vindo a afirmar-se como um evento incontornável desde há mais de duas décadas, aumentando de edição para edição todos os seus indicadores de crescimento. Aumenta a área para expositores, as parcerias estabelecidas, o número de participantes e de visitantes, garantindo assim a maior edição de sempre da Expoflorestal», adianta a organização.

Depois de um período devastador para a floresta portuguesa, a escolha do lema “Por Uma Floresta Viva” «reflete a vitalidade do sector e a sua capacidade regeneradora, capaz de enfrentar momentos difíceis, voltar a erguer-se e crescer, tal como fazem as próprias florestas».

A organização do evento é da responsabilidade de três entidades: Associação Florestal do Baixo Vouga; Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha e Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente.