O Centro de Competências para o Estudo, Gestão e Sustentabilidade das Espécies Cinegéticas e Biodiversidade, cuja coordenação geral é assegurada pelo INIAV, IP com as três organizações do setor da caça de primeiro nível, organizará a 28 e 29 de junho de 2019, na sede do INIAV em Oeiras, uma Cimeira dedicada à Fauna e Gestão Cinegética.

cimeira

O evento, intitulado WILDLIFE & GAME MANAGEMENT INNOVATION SUMMIT 2019, terá como objetivos:

– Reunir especialistas nacionais e internacionais que dominam o melhor conhecimento aplicado em espécies cinegéticas, gestão de populações e a atividade da caça;

– Transferir boas práticas e novos conhecimentos para qualificar a intervenção de agentes do setor cinegético e agentes de desenvolvimento rural através da discussão participativa e disseminação de iniciativas multi-ator e multi-setor;

– Promover a participação e o trabalho conjunto ao nível das temáticas de transferência de conhecimento e de inovação entre os agentes cinegéticos, os agentes do desenvolvimento rural e o tecido produtivo;

– Valorizar e capitalizar experiências, conhecimento e resultados de projetos de investigação e de inovação, nacionais e internacionais, em matéria de cinegética e biodiversidade;

– Contribuir para a boa aplicação e acompanhamento das medidas de apoio à investigação e inovação no setor cinegético e ao conhecimento das políticas de desenvolvimento rural;
– Orientar agentes do setor cinegético sobre necessidades de monitorização, registo, e inovação;

– Valorizar e capitalizar experiências em novos modelos de negócio e empreendedorismo na área da caça, gestão de populações e conservação;

– Discutir o presente e o futuro da caça ao nível nacional e ao nível global.

O WILDLIFE & GAME MANAGEMENT INNOVATION SUMMIT destina-se a caçadores, gestores, empresas do setor da caça, da agroindústria e áreas conexas, cooperativas e organizações de produtores, organizações do setor da caça e clubes de caçadores, produtores de conhecimento e entidades do sistema científico e tecnológico nacional (SCTN), facilitadores de inovação e Organizações Não Governamentais de Ambiente (ONGAs).

Marcam presença no evento peritos das principais organizações nacionais e internacionais do setor da caça, autoridades de gestão, agentes da Administração Central e Local, entidades do SCTN e decisores políticos.