A colheita está a decorrer na Região de Entre Douro e Minho desde o início do mês.

Nos pomares em monitorização, observou-se, na última semana, um aumento acentuado das capturas de Drosophila suzukii nas armadilhas.

Para proteger a produção dos mirtilos é necessário por em prática todos os meios de luta disponíveis, indicados ao longo dos últimos anos nas variadas circulares.

Aconselha-se a colheita de todos os frutos da planra.

Na triagem, os frutos com sintomas da praga devem ser retirados para sacos de plástico grossos ou para bidões plásticos bem fechados e colocados ao sol durante 4 ou 5 dias. Esta prática destruirá todas as larvas contidas nos frutos contaminados. O conteúdo dos sacos ou dos bidões deve depois ser enterrado.

Recorda-se que, tendo em conta os intervalos de segurança, em caso de necessidade, apenas deverão ser aplicados inseticidas em variedades de maturação tardia no nosso clima (Aurora, Columbus, Elliot, Ochlockonee, Powderblue, Skyblue, etc.).

SAIBA MAIS SOBRE A PRAGA AQUI.

Fonte: Avisos Agrícolas Entre Douro e Minho